Enquanto estive em Coimbra para fazer um intercâmbio, caí e torci o pé no caminho de volta da faculdade. Eu estudava na FEUC e morava na Yellow House (para quem conhece a cidade, isso fica em Celas, e a distância entre a casa e a faculdade era cerca de 100 metros!)

Eu estava descendo o último degrau de umas escadas para chegar na rua de casa, quando pisei em falso e… chão! Um amigo que estava comigo viu de camarote a tragédia acontecendo e imediatamente me colocou no colo e me levou para a casa.

Assim que cheguei, tirei o tênis e percebi que meu pé já estava com um inchaço descomunal. Uma dor desgramada e as meninas que moravam comigo ligaram imediatamente para a minha seguradora, que me orientou para ir em uma clínica particular da cidade (Idealmed), que eles já estariam cientes sobre o que tinha acontecido e iriam me atender com urgência.

Liguei para o meu namorado e ele me deu uma carona até a clínica (dias depois fiquei sabendo que eu poderia ter chamado um taxi que eles reembolsariam o valor, mediante apresentação do recibo através de e-mail ou upload no app). Me atenderam super rápido! Tirei raio-x e o médico me receitou anti-inflamatório e, como a radiografia não deu em nada, solicitou uma ressonância magnética para o seguro para uma análise mais minuciosa. Tudo autorizado, a ressonância foi marcada rapidinho. Só para ter ideia, apenas a ressonância magnética na cidade custa cerca de 450 euros!

Fiquei usando muletas (que consegui emprestadas com uma senhora da cidade, não precisei comprar e pedir reembolso para o seguro) mas acabava sempre por pisar no chão com o pé machucado, já que não tinha paciência para andar devagar com auxílio das benditas… Até fiz uma viagem e fiquei andando sem auxílio das benditas, o que piorou toda a situação… Enfim…

Quando o resultado da RM saiu o pessoal do hospital me ligou e me chamou na urgência: rutura de ligamento. Tive que imobilizar o pé e sob observação, caso precisasse fazer uma cirurgia. Fiquei de gesso um tempo bom do meu intercâmbio e ainda tive que tomar mais um tanto de remédio. O seguro pagou a tala, os remédios e meu transporte.

 

 

Passou um tempinho e meu corpo começou a reagir muito mal aos anti-inflamatórios e analgésicos… Tive piriris intestinais e precisei voltar ao hospital. Que bad!

Lembro de ter feito vários uploads de receitas médicas, recibos de farmácias e táxis para o hospital no aplicativo da Assist Card e eles sempre foram super rápidos em me ajudar com o que eu precisava. Todos os remédios e despesas com transporte não ficaram em menos de 100 euros e eu ainda optei por fazer a tala de gesso e não comprar aquela botinha (que também seria reembolsada).

Quase dois meses depois, quando tirei a tala de gesso do pé, percebi que estava sem condições de pisar direito e o médico receitou 22 sessões de fisioterapia e uma meia de compressão para usar. Quem é que pagou? Isso mesmo, o seguro.

Somando tudo, eu tenho certeza que, se eu não tivesse seguro e fosse fazer todo o tratamento em hospitais privados de Coimbra, iria pagar mais de 1000 euros nessa brincadeira (na época, o câmbio estava para mais de R$4,45). Eu paguei cerca de R$1200,00 pelo seguro da Assist Card, para 6 meses de cobertura.




Os brasileiros possuem direito de usar os hospitais públicos em Portugal, através da solicitação do PB4, mas eles não são gratuitos. Sem contar que os taxis, medicamento, exames e acessórios (muletas, talas e meias) não seriam reembolsados… Além disso, e se não fosse em Portugal?

Conclusão: O seguro é uma proteção simples que, muitas vezes, parece desnecessário em uma viagem curta, mas concorda que o entorse poderia ter acontecido em qualquer outro lugar durante uma viagem? Que dor de cabeça que seria!

Ele é obrigatório se você vai viajar para a Europa e outras partes do mundo. Além disso, ele também é obrigatório se você vai fazer intercâmbio (seja para estudar ou para trabalhar, é algo que todas as agências e universidades solicitam).

Sendo assim, contrate o seu seguro!

O blog faz parte do programa de afiliados dos Seguros Promo, ferramenta top de linha que vai ajudar você a encontrar os melhores preços e as melhores seguradoras. Isso significa que leitores possuem um cupom de 5% de desconto no valor total do seguro. #ficadica

 

 

Clique no banner do começo do post e faça um teste. Veja se eles possuem um seguro que atenda suas necessidades e fique descansado quanto a problemas de saúde que poderão aparecer durante a sua trip!


PLANEJE SUA VIAGEM COM O BLOG!

HOSPEDAGEM: Booking | Hotels.com HostelsclubGanhe R$ 130 com Airbnb

SEGUROS-VIAGEM: Seguros Promo – 5% de desconto com cupom VOUPRAONDE5

ATRAÇÕES E INGRESSOS: Get Your Guide | Viator

PACOTES DE VIAGENS: CVC | PASSAGENS DE TREM: Rail Europe 

PASSAGENS AÉREAS:Latam | Voopter | Viator | ALUGUEL DE CARROS: Rent Cars

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *