Bate três vezes na madeira, por favor! Ninguém merece viajar e perder os documentos. Isso é uma das coisas mais chatas durante uma viagem internacional. Não importa se você deixou em algum lugar ou se foi roubado. O fato é que estará sem passaporte para seguir viagem. E impossibilitado de se registrar em hoteis, utilizar transportes e até mesmo de voltar para a casa.

Primeira coisa: procure imediatamente a delegacia de polícia mais próxima e registre um boletim de ocorrência.

Com o documento da polícia na mão, siga para a embaixada ou consulado brasileiro. (Consulte aqui a lista de consulados e embaixadas do Brasil no exterior). Além do boletim de ocorrência, você deve apresentar o original ou cópia autenticada no Brasil de sua carteira de identidade brasileira, prova de quitação com o serviço militar (para homens, entre 18 e 45 anos) e prova de estar em dia com as obrigações eleitorais. Uma burocracia só. Quem é que pensa em levar tudo isso para uma viagem?

Leia mais: 8 dicas infalíveis para perder o medo de avião!

Lá, eles darão a você uma autorização para voltar ao Brasil. Você não poderá continuar a viagem sem passaporte. Para continuar a viagem é necessária a segunda via do passaporte que pode levar dias para ficar pronta. Portanto, seja muito organizado com sua documentação. Utilize aquelas bolsinhas de guardar passaportes, deixe sempre junto ao corpo onde você possa “bater a mão” e senti-lo.

Se estiver em intercâmbio, utilize sempre uma cópia autenticada com o visto e página de identificação do passaporte. Perder documentos fora do país não é nenhuma brincadeira!

Foto: Acervo interno – Carimbos do Checkpoint Charlie

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *