A 14km de Denizli, na Turquia, Pamukkale é um conjunto de piscinas termais com origem calcária, formando grandes bacias de água que descem uma colina de 160m em formato de cascata.

Pamukkale, apelidada como castelo de algodão pelos turistas, é a 8ª maravilha do mundo! A medida que a água corria pela colina à partir de fontes subterrâneas, seu conteúdo em cálcio bicarbonato dissolvia devido às emanações de monóxido de carbono. Ao sedimentar-se, formava os tavertinos de cor branca, de nome Pamukkale.

O local é uma das principais estâncias turísticas da Turquia, devido à sua particularidade. É também Patrimônio Mundial da UNESCO.

O que visitar?

O Castelo de Algodão é Patrimônio Mundial da UNESCO juntamente com a cidade greco-romana de Hierápolis, fundada no século II a.C.. É um sítio de ruínas diferente de todos os outros da região, por estar localizada sob pedras calcárias. O nome Hierápolis significa “Cidade Sagrada” e recebeu este nome pela quantidade de templos que abrigava.

DCIM101GOPROGOPR1398.

Além disso, acreditava-se que as fontes termais localizadas na cidade possuíam propriedades curativas. Em tempos antigos, a região recebeu visitas de Cléópatra, Júlio César e outros grandes imperadores. A água quente e mineral era utilizada para tratar reumatismo, doenças oculares, pele, sistema circulatório entre outros. Ainda é possível fazer um mergulho em algumas das fontes termais, durante a visita ao local.




Em Hierápolis, os principais monumentos a serem visitados pelos turistas são o Templo de Apolo, o Teatro e a Necrópole. A cidade foi destruída por um terremoto no ano 60, no reinado de Nero.

As “cascatas” de Pamukkale e a cidade de Hierápolis ficam dentro de um parque a 20km da cidade de Denizli. As entradas podem ser adquiridas ao chegar no local e chegam até 25 liras turcas. Para entrar nas piscinas é necessário pagar um valor a mais.

Leia mais: 8 dicas infalíveis para perder o medo de avião

Muitos turistas optam por visitar pamukkale em um dia só e não dormir nem em Denizli e nem em Pamukkale pois, tirando o parque, não há mais nada a ser feito no local. No entanto, a região é um local muito calmo, que permite renovar energias e descansar. O ideal, ao meu ver, é ficar dois dias por lá.

De Denizli ou Pamukkale é possível pegar um transporte para visitar Selçuk  (Éfeso), outro local de ruínas greco-romanas na Turquia de tirar o fôlego. Mas fica para outro post. 😉




#ficaadica!

Pamukkale fica a 650km de Istambul e pertence ao município de Denizli. O melhor jeito para se visitar é chegar a Denizli (de ônibus, trem ou avião) e pegar serviços de vans ou ônibus oferecidos no local para chegar até Pamukkale, onde os visitantes podem se hospedar em pousadas, hotéis e campings.

Quer saber mais? Siga a página de FB #voupraonde e acompanhe os próximos posts! Fique ligado!

Quer maiores dicas de roteiros para Pamukkale e outros lugares na Turquia¿ Envie um e-mail para voupraondee@gmail.com ou um inbox!

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *