Desde pequena eu sabia que não seria pessoa de ficar em um lugar só. Sempre quis conhecer novos horizontes. Sempre fui apaixonada por conhecer outras culturas e viajar. O tempo passou e eu viajei, fiz intercâmbios e vim morar em Portugal.

Não que eu não goste daqui: a cidade onde moro é maravilhosa e tem muita gente de toda a Europa e também do Brasil. Tenho bastante amigos, um namorado maravilhoso que tem uma família maravilhosa que me acolheu muito bem. O problema é quando a saudade bate. Ela dói! E dói por vários motivos:

Dói porque quando estamos morando fora começamos a sentir saudade das coisas mais bestas que nunca pensamos que fôssemos sentir falta como, por exemplo, esfiha do Habibs. Engraçado, né? E não é só isso não. Eu sinto saudade também do meu bairro, das ruas esburacadas, do calorzão de Ribeirão Preto e até mesmo do trenzinho que passava em frente a minha casa tocando funk no domingo à tarde.

 movies sad reactions woman upset GIF

A saudade dói também porque quando estamos morando fora nós vemos nossos amigos saindo com novos amigos, fazendo rolezinhos em lugares diferentes, seguindo em frente, demorando pra nos responder no WhatsApp… A relação de amizade continua sempre forte com alguns, mas ela se esfria e se perde com outros. É bem triste.

Ela dói porque quando nos deparamos com a diferença cultural nós ficamos pensando sempre “nossa, no meu país não é assim não… nossa, lá no BR é tudo muito menos descomplicado que isso”. Isso porque nenhum país é perfeito, e apesar de tanta coisa ruim como o Temer e a bandidagem que rola solta, o Brasil é um país excelente.

Leia também: Vai para Europa? Saiba quais são os documentos necessários para viajar

E, finalmente, ela dói principalmente pelo fato de estarmos longe da nossa família. E essa é a pior dor quando se trata de saudade. É bem difícil quando ficamos pensando “puts, o que será que minha mãe tá fazendo agora? Será que ela tá bem?”. É bem difícil quando ligamos o FaceTime em um dia mais emotivo e começamos a ver nosso cachorro fazendo gracinha pro computador/celular. É lágrima na certa! É difícil também quando a galera tá reunida comendo bolo de fubá ou lasanha no almoço de domingo e não estamos lá nem pra sentir o cheirinho.



Eu ainda não aprendi a lidar com isso, e sempre fico sem chão quando o assunto é saudade. Eu engulo em seco e tento mudar de pensamento.

Isso porque eu sei que estou fazendo uma coisa que só eu posso fazer por mim: realizar meus sonhos. Viver onde vivo é uma coisa que me traz muita felicidade e eu lutei por isso. Luto todos os dias para ter um futuro melhor para mim e para as pessoas que eu amo. É assim que as coisas serão por um tempo, mas tudo na vida tem seu preço e sua hora.

E para quem está na mesma situação que eu: não desista, não se sinta só. As saudades batem mas também existem os momentos de alegria. <3


PLANEJE SUA VIAGEM COM O BLOG!

HOSPEDAGEM: Booking | Hotels.com HostelsclubGanhe R$ 130 com Airbnb

SEGUROS-VIAGEM: Seguros Promo – 5% de desconto com cupom VOUPRAONDE5

ATRAÇÕES E INGRESSOS: Get Your Guide | Viator

PACOTES DE VIAGENS: CVC | PASSAGENS DE TREM: Rail Europe 

PASSAGENS AÉREAS:Latam | Voopter | Viator | ALUGUEL DE CARROS: Rent Cars

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *