Ainda sobre saudade, resolvi escrever também sobre outro país que me acolheu muito bem: O México.

Como estou sem muito tempo, precisei escrever rapidamente sobre principais pontos a serem aproveitados na capital do país (porque se eu decidisse falar sobre Culiacán, onde morei, iria ficar dias escrevendo…). Espero inspirá-lo a conhecer essa cultura. O México é muito mais que Chaves e novelas!

Aqui vamos nós…

A Cidade do México é a capital e sede dos poderes federais dos Estados Unidos Mexicanos. É uma das maiores cidades do mundo (é, infelizmente, uma das cidades mais poluídas do planeta), é considerada uma cidade global alfa e abriga muita história de diversos povos que lá habitaram.

Parte do Centro Histórico da cidade do México

Possui mais de 8 milhões de habitantes, é a cidade mais populosa da américa!

A cidade foi fundada no século XIV, era capital do Império Asteca e se chamava Tenochtitlán. Em 1524 foi completamente destruída por colonos espanhóis. As construções que se seguiam depois foram feitas aos padrões de colônia de exploração implementadas pelo Império Espanhol.

Catedral de CDMX

Serviu então como principal centro financeiro e urbano das colônias da Espanha na América e se tornou a maior cidade da colônia mexicana. Particularmente, acredito que haja tanta cultura e sítios arqueológicos na Cidade do México como há em Roma. Não é só o centro histórico que está repleto de monumentos e lembranças de civilizações, o redor de toda região também está. É uma pena a conservação desses tesouros ser tão precária…

Muitas pessoas visitam a Cidade do México de maneira corrida, com viagem planejada apenas para as praias do Caribe (Riviera Maia) e, por isso, sobra pouco tempo para conhecer essa cidade maravilhosa.

Com cerca de 2-3 dias é possível conhecer coisas maravilhosas. Aqui estão algumas dicas:

O centro histórico da cidade é de visita obrigatória.

Passear pelo arredores do Zócalo, pelas ruas repletas de prédios de arquitetura colonial e visitar o mirante da Torre Latinoamericana. É possível fazer todo o passeio a pé se estiver hospedado por lá. Caso contrário, metrô é a melhor opção!

É impossível visitar a Cidade do México e ficar sem ir até Teotihuacan.

Teotihuacan

É uma cidade arqueológica, ex centro urbano da mesoamérica pré-colombiana que recebe turistas do mundo todo, o ano todo. Acredita-se que a cidade tenha se estabelecido em torno de 100 a.C., sendo que os principais monumentos do local datam de 250 a.C.!

O sitio arqueológico possui duas pirâmides maiores (Pirâmide do Sol e Piramide da Lua) que são fascinantes. O local foi designado como Patrimônio Mundial pela UNESCO na década de 80.

Teotihuacan

Os turistas podem adquirir o transporte para o passeio em agências ou pacotes vendidos nos hotéis.

Para quem quer conhecer ainda mais da cultura mexicana: é possível assistir a uma Lucha Libre na Árena México. Tudo não se passa de um teatro, mas os mexicanos de DF (como chamam a Cidade do México) ainda adoram!

Basílica de Guadalupe

Outro lugar muito visitado por turistas (principalmente os católicos) é o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe. Ao lado da Basílica de Nossa Sra. De Aparecida (Brasil), Nossa Sra de Fátima (Portugal) e São Pedro (Vaticano) formam os maiores santuários do mundo.

Angel de La Independencia

Com mais tempo em DF é possível conhecer a descolada Zona Rosa e Polanco, dois bairros da cidade que possuem vida noturna agitada, excelentes restaurantes e prédios mais modernos. Entre os sítios mais legais de se andar, fora das ‘zonas turisticas’ está o Paseo de la Reforma, que possui um monumento Espetacular: El Angel de La Independencia, meu lugar favorito da cidade. <3

Plaza de Las Tres Culturas

Perto da Catedral é possível encontrar a Plaza de las Tres Culturas. Um sítio arqueológico dentro da cidade com um museu a céu aberto. Possui esse nome por abrigar construções dos três povos que lá habitaram.

Mesmo que de maneira corrida, espero ter inspirado você, leitor, a conhecer essa cultura mágica dos mexicanos.

 

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *