Aeminium (ou Emínio) já foi o nome da terceira maior cidade de Portugal, Coimbra. Famosa por abrigar uma das mais antigas universidades do mundo, e também por inspirar J.K. Rowlings em sua obra Harry Potter, a cidade esconde mais segredos do que você imagina.

A História

Até o ano de 1064 a cidade permanecia sob domínio de povos romanos e, posteriormente, dos mouros. Aeminium se tornou importante local de comércio entre o norte cristão e sul árabe, como estava dividida a Península Ibérica. Após estabelecimento do Condado Portucalense, a cidade foi reconquistada e passou a ser residencia de D. Henrique, Conde de Portucale e D. Tereza de Leão, pais do primeiro Rei de Portugal, D Afonso Henriques, que nasceu e faleceu na cidade de Aeminium, que hoje é Coimbra.

Aeminium





A antiga Aeminium chegou a abrigar os habitantes de Conímbriga, outra cidade romana a 16km de Coimbra (também possui um sítio arqueológico que permite visitas!), quando esta foi invadida e saqueada pelos Suevos, que eram povos bárbaros (lembra das aulas de história? :O). Deixou diversos vestígios para o presente e um deles chega a ser um importante legado para a atual Coimbra: um criptopórtico romano que fica localizado no Museu Machado de Castro.

Aeminium

O Criptopórtico

A maior herança de Aeminium é uma galeria de túneis subterrâneos com arcos no topo, construídos para suportar o Fórum Romano da antiga cidade. Durante a Idade Média, o palácio de um dos membros do clero foi construído sobre o Fórum e este edifício é o que atualmente abriga o Museu.

Aeminium

O local pode ser visitado graças a uma plataforma construída pelos antigos habitantes e que resiste até hoje. Os visitantes podem ter total acesso ao fórum. Uma experiência enriquecedora e surpreendente por debaixo da atual cidade de Coimbra!

CURIOSIDADE: não é só Coimbra que tinha nome diferente no período do Império Romano! Olisipo era o antigo nome de Lisboa e Portus Cale era o antigo nome do Porto 🙂

O site do museu tem um informativo muito interessante sobre a construção do edifício onde está localizado.



Visitar o local

Aconselho destinar meio dia para a visita no Museu Machado de Castro. Ele possui muitos outros atrativos além de Aeminium! É possível assistir concertos e apresentações, além de descobrir muito sobre a cidade de Coimbra e também sobre Portugal.

Os bilhetes para entrada no museu custam 3€ para as galerias e 6€ se o visitante tiver interesse de entrar no criptopórtico. Mas atençãoooo: todo o primeiro domingo do mês a entrada é gratuita! Vale muito a pena. Estudantes pagam meia 🙂

O museu fica na Alta de Coimbra, atrás da Faculdade de Letras e ao lado da Sé Nova.  Se resolver visitá-lo através da Sé Nova basta seguir pela rua Borges Carneiro e encontrar o Museu com um largo a porta.

Fachada do Museu

VIAJE COM O BLOG #VPO – PARCEIROS

 HOSPEDAGEM: Booking | Hotels.com | HostelWorld | Ganhe R$ 130 com Airbnb

 SEGUROS-VIAGEM: Seguros Promo – 5% de desconto com cupom VOUPRAONDE5

  ATRAÇÕES E INGRESSOS: Get Your Guide | Viator

 PASSAGENS AÉREAS:Latam | Voopter | Viator | ALUGUEL DE CARROS: Rent Cars

Relacionado

2 thoughts on “Aeminium: uma herança do império romano em Coimbra

  1. É muito interessante pra quem só viu o que foi o império romano pelos livros da escola , ver ao vivo e respirar a história que transborda desse lugar e perceber que essas coisas podem ser tangíveis sim… basta viajar =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *