Semana passada eu precisei resolver alguns assuntos consulares e, apesar de Coimbra ser uma cidade ‘grande’ de Portugal, não temos consulado por aqui.

Tive que me dirigir até o Porto, que é a cidade mais próxima com consulado do Brasil. Uma chatice?

Que nada! Adoro me aventurar por aquela cidade!
Consegui um preço legal nos trens/comboios e parti. Desci na estação São Bento, que é uma das mais maravilhosas do mundo. Uma verdadeira obra de arte toda decorada com azulejos que contam a história do país.
Por dentro da estação
É cada detalhe bonito!
Eu até tinha visto o trajeto de autocarro/ônibus e metrô para chegar até o Consulado, mas como estava sem pressa alguma, resolvi ir caminhando.
Passei pela Avenida dos Aliados e segui pelas ruas estreitas com calçadas e vias de pedra, passei por algumas praças, subi e desci morros e atravessei a parte ‘velha’ da cidade até encontrar a Rotunda da Boa Vista, que fica bem próxima ao Consulado.
Monumento na Rotunda da Boa Vista
Acho que caminhei por uns 50 minutos pois parava para tirar fotos e observar detalhes, mas parecia que haviam sido apenas uns 15.
Depois de resolver meus assuntos fui até aos Jardins do Palácio de Cristal, descansei um pouquinho a mente depois de toda burocracia consular, e desci para a Ribeira, caminhei um pouquinho e subi para a Torre dos Clérigos para almoçar e seguir para a estação novamente para ir de regresso a Coimbra.
Lago nos Jardins do Palácio
Acho que devo ter caminhado uns 25km nesse dia. Eu estava de botas e comecei a sentir meus pés latejado assim que entrei no trem/comboio.
Só que enquanto eu estava com o corpo quente e ativo, não sentia nada porque ficava prestando atenção em outras coisas. Nas belezuras e nos pequenos defeitos (como a invasão de pombos) que qualquer cidade grande tem.
Torre dos Clérigos
Por diversos motivos, andava meio em dúvida sobre a escolha que eu tinha feito para minha vida: ter vindo morar em Portugal novamente.
Só que essa pequena viagem me fez pensar em muitas coisas e, inclusive, serviu para me dar algumas certezas:
– Apesar de estar morrendo de saudade da minha família, da minha cachorra, dos meus amigos e da comida do Habibs, esse é o melhor lugar para se viver no mundo, tenho muito orgulho de mim mesma por ter conseguido sair da minha zona de conforto e vindo até aqui.
– Sentir-se seguro não tem preço. Os mais de 20km que caminhei foram todos com fones de ouvido do celular ativos e utilizando frequentemente o celular com o Google Maps para me orientar. Eu nunca faria isso na minha cidade (que é do mesmo tamanho ou menor que o Porto) com o coração tranquilo.
– Defeitos qualquer cidade/país tem. Gente muito bem educada e gente mal educada também, não importa onde (mas incrivelmente todas as pessoas que cruzei nesse dia foram extremamente prestativas, atenciosas e educadas quando pedi informações… inclusive esbarrei com uma senhora no meio da rua e ela é que me pediu desculpas, tadinha).
– É muito bom poder caminhar observando as coisas ao redor e conseguir refletir um pouco sobre nossas dúvidas e medos e é muito importante que façamos isso pelo menos uma vez sempre que sentirmos ser necessário. Isso ajuda na saúde da nossa mente.
Bom, fica a dica para quem estiver de passagem pelo Porto, esse roteirinho é massa pra quem não tem muito tempo para visitar a cidade. A reflexão é mesmo um pequeno desabafo e um pequeno abraço para aqueles que estejam com a mesma dúvida que eu estava. <3
PS.: Tem vídeo sobre a viagem nos Highlights dos Stories no Insta @voupraondeweb!

PLANEJE SUA VIAGEM COM O BLOG!

HOSPEDAGEM: Booking | Hotels.com HostelsclubGanhe R$ 130 com Airbnb

SEGUROS-VIAGEM: Seguros Promo – 5% de desconto com cupom VOUPRAONDE5

ATRAÇÕES E INGRESSOS: Get Your Guide | Viator

PACOTES DE VIAGENS: CVC | PASSAGENS DE TREM: Rail Europe 

PASSAGENS AÉREAS:Latam | Voopter | Viator | ALUGUEL DE CARROS: Rent Cars

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *