Para quem está criando coragem para partir em rumo de uma nova aventura, aqui estão 15 motivos para te dar aquela desmotivada (ou não)!

1 – Conhecer novos lugares? Para quê?

Não importa para onde você vai. Conhecer novos lugares e novas paisagens pode ajudá-lo dar um novo olhar sobre coisas “velhas”. O seu potencial de crescimento se torna ilimitado. A mesma rotina que você possuía antes passa a não ser mais suficiente e você acaba por querer sempre mais, não no sentido material, mas no sentido intelectual e espiritual.

Cracóvia – Polônia

2 – Puts, planejar uma viagem é tão chato e trabalhoso!

Hoje em dia existem tantas ferramentas à disposição das pessoas: diversas opções de sites de hospedagem, outras mil opções de sites inteligentes para compras de passagens aéreas, blogs que orientam sobre os melhores pontos turísticos das cidades e até mesmo como viajar com um orçamento menor. Existem até aplicativos que ajudam no planejamento inteiro da viagem! Confira alguns deles clicando aqui.

Além disso, se você for old school, sempre tem a opção de contratar um serviço de agência turística e não se preocupar com nada.

Precisa de ajuda na elaboração do seu roteiro. Posso te ajudar!

Teotihuacán – México



3 – Conhecer novas pessoas e culturas não faz meu estilo…

Viajar é sempre uma chance para conhecer pessoas novas de maneira muito mais autêntica, principalmente se você está viajando sozinho. É muito bom poder conversar com algum habitante local para poder conhecer mais sobre o lugar ou até mesmo ver até onde somos diferentes das pessoas. Pode ser que você encontre muito mais semelhanças do que diferenças entre vocês, tanto no aspecto cultural como na personalidade.

Meus amigos poloneses, italianos, alemães e brasileiros <3

Conhecer outras culturas também nos torna muito menos preconceituosos e abre nossas mentes para muito além do que aquilo que estamos acostumados a ver em nossas cidades ou através da televisão. As experiências quando são vividas são muito mais bonitas.

4 – …tampouco conhecer novos sabores de comida e bebida!

Comer e beber é tão bom. Duvido que você não goste de encher a barriga com um boa pratada de macarrão ou então com uma pizza caprichada. Agora imagine fazer isso na Itália, provando os verdadeiros sabores do país. Davvero molto buono! 😉

Nada mal para uma comida grega, hã?

Já eu prefiro provar também aquilo que jamais teria oportunidade de comer em minha cidade. Não vejo a hora de ir para a Tailândia provar espetinhos de insetos ou para Macau provar carnes doces, por exemplo.

E esse prato alemão? Acabei de jantar e tenho fome.

Além disso: não existe delivery de comida para longas distâncias. Da mesma forma que é difícil enviar uma feijoada verdadeira ou um queijo fresco de minas para alguém de outro país provar, as comidas deliciosas do mundo não chegarão na sua porta para você experimentar. Você vai ter que ir até elas.

5 – Eu curto mesmo é ficar nessa mesmice da minha zona de conforto

Você pode e deve provar que você pode ir muito mais longe do que imagina. Começar algo é sempre a parte mais difícil. O mesmo vale para começar a ir à academia, começar a fazer serviços sociais ou então viajar. Que inércia é essa?

Hallstatt – Áustria

Faça um teste. Comece a fazer algo que julga difícil e diferente e daqui uma semana vai ver como vai ficar fácil.



6 – Para que gastar com isso se posso comprar muitas outras coisas?

Pois é, por que gastar com viagens se você pode comprar um carro do ano que logo vai perder a metade do seu valor ? Ou para que gastar com viagens se você pode gastar com roupas e sapatos novinhos todos os meses que logo sairão de moda ? Ou então para que gastar com viagens se você pode gastar com inúmeros outros itens de consumo que na realidade você não precisa? Enfim.

Foz do Iguaçu – Brasil

7 – Aliás, nem sei porque eu mencionei comprar coisas, eu sou pobre. Pobre não viaja.

Ah, essa eu sempre ouço!

Existem muitos sites que orientam os melhores preços para compra de passagens aéreas. Mesmo assim, se ainda for muito para o seu orçamento, há a opção de viajar de busão! E ainda assim, se for muito caro existe a opção da boa e velha CARONA. Ainda existe e é mais comum do que você pensa.

Fussen – Alemanha

Quanto ao lugar para ficar, existem milhares de pessoas contribuindo com a plataforma Couchsurfing, além de milhares de pessoas dentro de grupos de facebook pelo Brasil e mundo todo a hospedar gratuitamente (ou a preços bem bons) pessoas em suas próprias casas.

Tirando todas essas opções de viagens baratas, se você quiser um pouco mais de sossego e ‘luxo’, PLANEJE-SE. Faça um plano financeiro com o objetivo de juntar o valor de sua viagem dos sonhos e coloque-o em prática. Não hesite em me chamar se precisar de ajuda com isso. Me mande um inbox ou e-mail que respondo rapidinho.

Capadócia – Turquia

8 – Não existem lugares bonitos a serem visitados, as fotos que o google mostra são puro Photoshop

Sobre isso eu nem preciso comentar. Todas as imagens do post eu mesma que tirei. Eu não me chamo Google e nem Photoshop.

Zakinthos – Grécia

9 – Para que viajar com meus amigos se posso vê-los aqui mesmo?

Viajar junto é a melhor forma de conhecer alguém de verdade. Discussões e briguinhas podem acontecer, mas a parceria vai prevalecer e depois vocês vão ter um monte de história legal para contar para outras pessoas.

Bélgica com amigos!



10 – Odiava história, por que vou querer conhecer uma cidade com centro histórico?

Mesmo que você não curta história. Duvido que não vai sentir nenhum pinguinho de emoção de estar em um lugar que você sempre viu nos livros. A sensação nunca vai poder ser descrita em palavras, fotos ou videos. Nenhuma tecnologia é capaz de transmitir tal sentimento.

Fotos com meu amigo Giordano sim!

Comigo aconteceu em Roma, no Campo de Fiori, onde vi a estátua do Giordano Bruno que sempre tinha visto nos livros de história. Chorei mais lá do que no Coliseu.

11 – Praias bonitas? Eu prefiro meu clube ou a piscina do condomínio

Sério mesmo? Eu não.

Praia da Barra Aveiro) – Portugal

12– Experiências novas? Detesto, gosto mesmo é de fazer meu rolê de sempre

As novas experiências de viagens podem tornar você uma outra pessoa. Quando você viaja, tudo é novo e, consequentemente, referência. Essa é a melhor forma de você se inspirar e desenvolver a criatividade enquanto está se divertindo ou prestando atenção no mapa para não perder o ponto do metrô em uma cidade desconhecida.

Um tour que você nunca vais e esquecer!

13 – Avião não é nada seguro. Aquela coisa pode cair…

Já discuti sobre isso nesse post aqui.

Mesmo assim se você ainda tiver medo, saiba que existem outras alternativas como barcos, navios, ônibus, carros…

14 – Viajar não agrega em nada a minha vida.

Uma viagem pode permitir que você se reinvente. Que você renove suas energias. Que você se torne uma pessoa melhor. Qualquer tipo de experiência fora de casa (ou fora da rotina) agrega algo em sua vida, com as viagens não é diferente.

Cabo da Roca – Portugal

15 – Resumindo, viajar é mesmo um atraso de vida. Não vale a pena.

Pelo contrário:

“Porque a vida é um livro e quem não viaja lê apenas a primeira página.” (Augustine of Hippo)


VIAJE COM O BLOG #VPO – PARCEIROS

 HOSPEDAGEM: Booking | Hotels.com | HostelWorld | Ganhe R$ 130 com Airbnb

 SEGUROS-VIAGEM: Seguros Promo – 5% de desconto com cupom VOUPRAONDE5

  ATRAÇÕES E INGRESSOS: Get Your Guide | Viator

 PASSAGENS AÉREAS:Latam | Voopter | Viator | ALUGUEL DE CARROS: Rent Cars

RelatedPost

2 thoughts on “15 motivos para você nunca querer viajar

  1. Sair da zona de conforto e estar de cabeça aberta pro que der e vier é essencial pra quem quer crescer, e não tem viagem que não faça isso… Boas dicas 😛

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *