Depois de fazer um roteiro especial para a região norte de Portugal (que você pode conferir clicando aqui), me senti no dever de também fazer algo para a capital desse país maravilhoso. É uma das cidades mais bonitas que já fui e uma das capitais europeias mais baratas de se visitar.

A região de Lisboa possui desde castelos e museus para passeios, praias, restaurantes e tascas baratas e muito mais… Aqui estão 10 coisas que valem a pena em Lisboa e que custarão menos de 10 euros.

 

1 – Visitar o Castelo de São Jorge

 

É muito difícil não avistar o castelo. Fica empoleirado no topo de uma colina no centro da cidade, acima do antigo bairro da Alfama. Você vai ter que caminhar muito para chegar até lá (a não ser que você esteja de carro ou usando o transporte público), mas a vista de lá de cima vai compensar todos os esforços.

 

 

O castelo é datado do século 11, foi tombado como Monumento Nacional e as entradas custam 8,50€. Elas dão acesso ao terreno, incluindo caminhada pelas antigas muralhas defensivas. É um passeio para quem gosta de história e aventura!

 

2 – Faça um passeio no famoso Tram (bonde) 28

 

Os bondes de Lisboa são nostálgicos cartões de visitas, principalmente quando aparecem em fotos que retratam as ruas estreitas e montanhosas… Aliás, tram e ruas inclinadas combinam, não?

 

 

A linha mais famosa da cidade é a de número 28, que começa em Martim Moniz, passa pelo Campo de Ourique e aproveita as melhores atrações das cidades ao longo do caminho.

Para embarcar no bonde a você deve pagar 2,90€ para o motorista (ou adquirir em uma estação de metro).



 

3 – Confira o Museu Nacional do Azulejo

É claro que com tanto azulejo espalhado pelo país os portugueses tinham que fazer um museu só para retratar a história deles, né não?

 

museo nacional del azulejo #azulejo #lisboa #museunacionaldoazulejo #azulejo #portugal

A post shared by Carlos (@carlosurquizamartinez) on

 

Mas visitar museus já não soa tão “fixe”, como eles costumam dizer, tenho que concordar. O problema é que o Museu Nacional do Azulejo fez um excelente trabalho de exibição e explicação de mais de CINCO séculos de história de seus preciososos azulejos. Eles retratam a formação da cultura de Portugal e possuem uma riqueza em detalhes que é impressonante.

A entrada custa 5,00€ e o museu possui um app gratuito que contém um audio guia que pode ser utilizado pelos visitantes durante o passeio. O museu fica no fundo de Alfama… A caminhada é longa, mas vai valer a pena!

 

4 – Beba um cafézinho ou um drink em algum quiosque

 

Os quiosques estão espalhados por Lisboa, especialmente em parques, praças e outros lugares públicos. Esses pequenos estabelecimentos geralmente oferecem bebidas baratas, lanches e cafés. É muito fácil matar a fome e a sede após uma longa caminhada pelas ruas estreitas e inclinadas da capital. Na maioria das vezes, um cafézinho espresso vai custar apenas 0,60€ (sessenta cêntimos).

 

5 – Faça um walking/free tour

 

Apesar das ruas inclinadas, Lisboa é uma cidade muito fácil de se caminhar. Por lá existem vários passeios gratuitos que surgiram para ajudar os visitantes a conhecer seus pontos escondidos. Um dos passeios mais populares é excecutado por Sandemans algumas vezes por dia.

 

 

O pessoal sai da praça central do Largo de Camões, o passeio dura três horas e circunda os bairros históricos de Alfama, Bairro Alto e Chiado, explicando fatos sobre os edifícios e a história ao longo do caminho. Os passeios podem ser reservados no site préviamente.

Os passeios não são cobrados… Mas é interessante se você puder dar uma quantia apropriada se curtir a experiência que eles te proporcionaram! 🙂

 

6 – Visite a Torre de Belém

 

Talvez esse seja o ponto turístico mais famoso da cidade. Está em frente ao rio Tejo e já foi a porta de entrada para Lisboa, para o tráfego de navios e também compunha importante parte das defesas da cidade.

 

 

A torre se abre às 10h da manhã e vale a pena chegar por lá essa hora… As filas costumam ser gigantes para se visitar esse lugar (mas costuma ser rápido). A torre possui apenas uma escadaria de 200+ andares para se chegar ao topo mas, uma vez que você as sobe, é contemplado com vistas excelentes sobre o rio Tejo, a cidade e o Atlântico.

Os bilhetes custam 6,00€. É possível comprar bilhetes combinados para também poder visitar outras atrações da cidade, como o Mosteiro dos Jerónimos, por exemplo.



7 – Comer pasteis de nata

 

Uma vez que você já chegou em Belém para visitar a torre, vai valer a pena parar no café mais famoso de Portugal para provar os deliciosos pasteis de nata. O lugar se chama Pastéis de Belém e é parada obrigatória quando se visita Lisboa.

 

The very famous Pastéis de Belém 😋 🇵🇹 A must try when coming to Portugal! #pasteisdebelem #lisboa #sheratoncascais

A post shared by Sheraton Cascais Resort (@sheratoncascais) on

 

Essas deliciosas “tortinhas” são feitas de ovos, massa foleada e muito açúcar. Custam cerca de 1,20€ mas possuem menus que acompanham cafés, caso seja a melhor opção para você.

 

8 – Vá para o outro lado do rio

 

Existem opções de atravessar o rio em pequenos cruzeiros que permitem explorar todo o estuário do Tejo que divide Lisboa e Almada, mas não são passeios econômicos. Para uma viagem um pouco mais barata o interessante é usar os ferries.

 

 

A viagem mais fácil é de Cais do Sodré para Cacilhas e custa pouco mais de 1,50€ por caminho. A melhor parte é a vista a volta de Lisboa, uma vez que você chegar ao destino, pode conferir o navio de velas restaurado em Portugal eou então ir direto para a praia na Cost de Caparica… Outra opção é visitar a famosa estátua do Cristo Rei… Não tão famosa como a nossa do Cristo Redentor, mas vale a pena!

 

9 – Praia!

 

Qual outra capital europeia possui praias tão maravilhosas e baratas? Acho que nenhuma. Lisboa é abençoada com praias de grande qualidade a uma curta distância do cenro da cidade. Você pode chegar até elas de ônibus, ferry ou de trem. O transporte ida e volta para Cascais ou Costa Caparica vai ficar em menos de 5,00€, tenho certeza.

 

 

Uma vez na praia, jogue sua toalha e aproveite o sol e as ondas. Não esqueça seu protetor solar, o sol de Portugal pode parecer fraco, mas queima muito!

 

10 – Encha seu estômago com um Menu do Dia

 

A comida portuguesa é tão boa que tem que fazer parte do turismo também!

 

 

O país possui muitos frutos do mar e os chefs locais aproveitam muito para criar pratos saborosos com eles. Dizem que existem mais receitas apenas para bacalhau do que dias no ano… Sei não.

Enquanto é fácil pagar uma fortuna para se alimentar em Lisboa, existem outros sítios que cobram pouco por uma alimentação saborosa e que vai o vai deixar satisfeito. Fique atento as palavras “Menu do Dia” em regiões pouco mais afastadas das áreas turísticas.

 


PLANEJE SUA VIAGEM COM O BLOG!

HOSPEDAGEM: Booking | Hotels.com HostelsclubGanhe R$ 130 com Airbnb

SEGUROS-VIAGEM: Seguros Promo – 5% de desconto com cupom VOUPRAONDE5

ATRAÇÕES E INGRESSOS: Get Your Guide | Viator

PACOTES DE VIAGENS: CVC | PASSAGENS DE TREM: Rail Europe 

PASSAGENS AÉREAS:Latam | Voopter | Viator | ALUGUEL DE CARROS: Rent Cars

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *